sexta-feira, 13 de novembro de 2009

E agora?

Acabei de ouvir esta notícia e não sei bem o que pensar...

- - -

Gripe A: Vacinas alargadas a todas as crianças até aos 2 anos
O Ministério da Saúde decidiu começar a vacinar, já a partir de segunda-feira, as crianças entre os seis meses e os dois anos.
É algo que não estava previsto, mas que foi recomendado por técnicos e pela Direcção Geral da Saúde, tendo em conta a realidade que vai sendo conhecida e que revela que nesta faixa etária as crianças têm maiores probabilidades de sofrer complicações acrescidas por causa da gripe A.
A mudança acaba de ser decidida e Graça Freitas, Sub-Directora Geral da Saúde lembra que o plano não é estático e que os dados conhecidos sobre a epidemia justificam esta alteração.
Significa isto que todas as crianças a partir dos seis meses e até aos dois anos podem tomar a vacina a partir de segunda-feira: não é preciso qualquer declaração, apenas um comprovativo da idade que não pode exceder os 24 meses.
A Direcção Geral da Saúde recomenda aos pais que vacinem os seus filhos, em qualquer centro de saúde. Graças Freitas pede apenas que não o façam todos ao mesmo tempo.
13-11-2009 14:06:34
RFM

- - -

Aqui no trabalho os filhotes dos meus colegas estão todos de molho (embora sem nenhuma confirmação de contágio com Gripe A, mas com suspeitas) e hoje de manhã já pensei bastante sobre esta questão e agora isto...
Eu era daquelas que, até há pouco tempo, dizia que não queria esta vacina nem por nada, mas como mãe já não sei o que pensar. Vou apoiar-me na opinião que o pediatra da C. nos der, mas vai ser uma decisão que vamos ter de tomar.

E vocês que têm bebés nesta faixa etária, o que pensam sobre isto?

3 comentários:

gaiatA disse...

Eu não daria a vacina.. não só pelos efeitos secundários c0mo também p0r achar que vam0s apanhar na mesma!

beijos*

Vânia e Mariana disse...

Estou na mesma posição que tu....não sei o que fazer...a minha vontade é não dar, m tenho tanto medo...Vou falar com o pediatra....

beijinhos,


P.s-> Depois diz o que disse o teu pediatra

Maria José disse...

Eu estou mais para o não,
mas tenho de falar com a pediatra da Sofia
bjokas