terça-feira, 24 de maio de 2011

Estou de volta

net
Às minhas sessões de acunpuntura. Depois da gravidez foi com dieta e estas agulhinhas fantásticas que perdi peso e agora que preciso de eliminar mais alguns que foram acumulando fruto da preguiça e desleixo voltei.
Pelo menos na carteira já senti hoje os resultados e só fiz uma sessão hehehehe
Brinco, é caro sim,  mas apresenta resultados e é isso que interessa... logo conto como está a correr.

3 comentários:

Friendly words disse...

E sem exercício físico resulta? Que tipo de dietas fazes?

Eu estou agora a tentar perder os quilos extra que ganhei na gravidez (há 3 anos atrás) e que nunca tentei perder.

Bjs

Patricia disse...

Aqui está algo para que não tenho coragem. Odeio agulhas!

J disse...

Olá Friendly words, na primeira vez segui, mais ou menos, a dieta que era recomendada, que consistia em eliminar os hidratos de carbono durante 12 semanas, mas eu furei e muito este esquema e tinha sempre um dia por semana em que comia sobremes, por norma ao sábado.
A acunpuntura ajudava-me a controlar o apetite e a ansiedade da dieta. Digo que foram 12 semanas que passaram a correr e a perda de volume e de peso foram bem notórias. Mesmo depois de um mês de férias em que a dieta foi à vida continuiei a perder peso (moderadamente sempre claro).
Agora vou fazer a dieta mas mais leve, com hidratos de carbono só ao almoço e com uns comprimidos naturais que ajudam com o apetite apenas.
A mais valia das agulhas para mim é mesmo o controlo do apetite que eu noto mesmo que reduz e da ansiedade da dieta.
De resto abusar de legumes, sopa comer até uma panela se apetecer, desde que não tenha batata nem massa ou arroz claro e muito chá e só um pãozinho por dia...
Conheço mais pessoas que também emagreceram com este tratamento.
Patrícia, também tinha algum receio, mas devo dizer que tirando as agulhas que se colocam na zona do nariz que comigo resultam com a sinusite, nenhuma delas doí. Algumas fazem só uma pequena impressão.
Mas a acunpuntura comigo resulta até no tratamento de nódoas negras, por exemplo...